Cookies
Usamos cookies para melhorar nosso site e a sua experiência. Ao continuar a navegar no site, você aceita a nossa política de cookies. Ver mais
Aceitar Rejeitar
  • Menu
Descrição

Sistema de transmissão e receção de sinal de orientação eletrónica para a próxima geração de constelações de satélites (LEO e MEO).

O projeto STRx propõe investigar e desenvolver um sistema de transmissão e receção de sinal de orientação eletrónica para funcionamento com a próxima geração de constelações de satélites em órbitas não estacionárias, numa primeira fase dirigido ao setor empresarial e ao da mobilidade terrestre, posteriormente visando a otimização da estrutura de custos e consequente entrada no setor doméstico, onde a infraestrutura fixa não tenha viabilidade de implementação e operação. O consórcio promotor, constituído pela Sinuta, pelo Instituto de Telecomunicações e pelo INESC TEC, agrega competências fulcrais para os desafios técnico-científicos do projeto, nomeadamente, ao nível da eletrotécnica, processamento de sinal, programação informática e telecomunicações por radiofrequência. A abordagem inovadora do projeto é bem visível em 4 pontos: integração de tecnologias emergentes (MMIC) para esta aplicação; adaptação dinâmica de beamforming; método de síntese do padrão de radiação; amplitude de varrimento do feixe das antenas elementares. Objetivamente, os resultados do projeto STRx permitirão concretizar um sistema de antenas de orientação eletrónica de baixo custo e alta taxa de transferência de dados para funcionamento com satélites em órbitas não estacionárias, respondendo a uma lacuna de mercado neste segmento emergente.

Detalhes

Mais Informação

  • Acrónimo

    STRx
  • Início

    01 maio 2019
  • Orçamento global

    884.674,72 €
    • Financiado por

    Equipa
    notícias
    001

    Centros Associados

    CTM

    Centro

    Centro de Telecomunicações e Multimédia