Cookies
Usamos cookies para melhorar nosso site e a sua experiência. Ao continuar a navegar no site, você aceita a nossa política de cookies. Ver mais
Fechar
  • Menu
Artigo

INESC P&D Brasil contribui para a assimilação das tecnologias digitais na indústria brasileira

Cloud computing, Big Data, Manufatura aditiva, Internet of Things (IoT) e Inteligência Artifical (IA) são algumas das tecnologias que estão a ser incorporadas no setor industrial brasileiro, reformulando o modo de fabricar e de consumir. 

30 outubro 2019

Nesse contexto, arrancou no mês de outubro o projeto IND4FIBRE, no âmbito da iniciativa Fábricas do Futuro e com financiamento da Agência para o Desenvolvimento da Indústria no Brasil (ABDI) e Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais (SECINT).

Com liderança do INESC P&D Brasil, em consórcio com as empresas FLEXSIM e RYD Engenharia, o objetivo do projeto é a extensão da testbed FIBRE da Rede Nacional de Pesquisas (RNP) para a integração de sensores e atuadores comuns à indústria 4.0, em aplicações de robótica colaborativa e manufatura aditiva, que serão implementadas nas denominadas ilhas de experimentação em parceiros da Rede INESC Brasil.

Também integram o consórcio do projeto as seguintes instituições: Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Universidade Federal da Bahia (UFBA) e Universidade Federal de Goiás (UFG). De referir que estão previstas sessões de treino para a utilização da testbed desenvolvida com trabalhadores de associações empresarias e industriais do estado de Goiás.