Cookies
Usamos cookies para melhorar nosso site e a sua experiência. Ao continuar a navegar no site, você aceita a nossa política de cookies. Ver mais
Fechar
  • Menu
Artigo

Tecnologia AV360 marca presença no Festival de Cinema de Aventura com “Rohingya”

A tecnologia Augmented Video 360 (AV360) do INESC TEC está na base do vídeo “Rohingya”, que vai estar presente no Festival de Cinema de Aventura, a decorrer no Mercado Municipal de Matosinhos, de 12 a 15 de setembro.

11 setembro 2019

Resultado de uma iniciativa conjunta com a Samsung, o espaço de realidade virtual do festival vai contar com a transmissão contínua do vídeo 360 “Rohingya”, da autoria dos jornalistas Octávio Costa e Rui Batista, no penúltimo dia – 14 de setembro –, pelas 10h00. Filmado na antiga segunda maior selva do Bangladesh e atual maior campo de refugiados mundial, a dupla retrata a história dos rohingyas. Através da componente de realidade virtual dos óculos, será dada a conhecer uma realidade distante, contribuindo igualmente para o aumento do espírito crítico dos espectadores.

Desenvolvida pelo Centro de Sistemas de Informação e de Computação Gráfica (CSIG) e financiada pela Google Digital News Initiative, a plataforma AV360 permite a criação e visualização de vídeos 360º aumentados com anotações dinâmicas. Além da disponibilização da plataforma, a equipa do Laboratório de Gráficos, Interações e Jogos do INESC TEC prestou apoio na sua utilização e adaptação.

O projeto contou com a coordenação de Rui Rodrigues e Rui Nóbrega, o desenvolvimento de Teresa Matos e Filipe Rodrigues, e a edição/design de José Barboza e Marisa Pinheiro.

O período diurno do evento contará com um ambiente único de encontro e partilha entre viajantes, exploradores e curiosos. Por sua vez, a noite será exclusivamente reservada para a exibição de filmes. Além da componente cinematográfica, a programação do festival integra, entre outras atividades, exposições fotográficas, conferências, workshops, festas e conversas.

 

Os investigadores do INESC TEC mencionados na notícia têm vínculo ao INESC TEC e à UP-FEUP.