Cookies
Usamos cookies para melhorar nosso site e a sua experiência. Ao continuar a navegar no site, você aceita a nossa política de cookies. Ver mais
Fechar
  • Menu
Artigo

RDA-pt realizou workshop na Open Science Fair

A Research Data Alliance portuguesa (RDA-pt), organização com co-coordenação do INESC TEC, realizou um workshop na Open Science Fair, subordinado ao tema «RDA-pt – o nó português da Research Data Alliance». 

06 novembro 2019

Com a duração de duas horas e a participação oradores nacionais e estrangeiros, a sessão, aproveitando a notoriedade da Open Science Fair, divulgou a atividade da RDA e do nó Portugal na comunidade de investigadores.

O workshop, que decorreu no dia 16 de setembro, no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, contou com apresentações de Ingrid Dillo, co-presidente do conselho RDA, e de outros representantes de nós RDA nacionais, designadamente de França, Itália, Alemanha e Dinamarca. Nuno Feixa Rodrigues, do Conselho Diretivo da FCT, reforçou o apoio da FCT às atividades do nó.

As atribuições do RDA-pt

A Research Data Alliance (RDA) é uma organização internacional composta por membros voluntários que tem por missão construir as bases técnicas e sociais para a partilha e reutilização de dados.

No contexto do RDA Europe, que suporta a RDA na Europa, a RDA-pt está a construir uma comunidade de pessoas e instituições motivadas para os problemas da gestão de dados, que usem os resultados da RDA, contribuam para as políticas nacionais de gestão de dados e colaborem dentro e entre disciplinas para a visão e missão da RDA.

O nó nacional promove o debate em torno da gestão de dados na comunidade portuguesa de investigadores e identifica necessidades nacionais que possam ser supridas pela comunidade global RDA.

O nó português é coordenado por oito instituições: INESC TEC/Universidade do Porto (Cristina Ribeiro), Instituto Superior Técnico/ Universidade de Lisboa (José Borbinha), Universidade de Coimbra (Maria Manuel Borges), Universidade do Minho (Eloy Rodrigues), Instituto de Ciências Sociais/ Universidade de Lisboa (Pedro Moura Ferreira), Instituto Politécnico de Portalegre (João Miranda), DGLAB/ Arquivos Nacionais (Francisco Barbedo), Universidade de Évora (Irene Rodrigues).

 

A investigadora do INESC TEC mencionada nesta notícia tem vínculo à FEUP.