Cookies
Usamos cookies para melhorar nosso site e a sua experiência. Ao continuar a navegar no site, você aceita a nossa política de cookies. Ver mais
Aceitar Rejeitar
  • Menu
Artigo

Participação do INESC TEC no projeto FAMEST

No passado dia 9 de janeiro, realizou-se, no Centro Tecnológico do Calçado de Portugal (CTCP), a reunião geral anual do projeto mobilizador para o calçado português, designado FAMEST - Footwear, Advanced Materials, Equipment’s and Software Technologies, que conta com o envolvimento do Centro de Engenharia de Sistemas Empresariais (CESE) do INESC TEC.

11 março 2019

 

O projeto FAMEST reúne um consórcio de 23 empresas do setor, assim como 9 centros de investigação. Do INESC TEC participa uma equipa do CESE, que inclui os investigadores Rui Diogo Rebelo, António Correia Alves, Paulo Marques, Elder Hernández, Joana Costa e Daniela Silva.

O objetivo da equipa do INESC TEC é investigar, promover e disseminar a realidade da indústria 4.0 no setor do calçado, através de trabalhos desenvolvidos no âmbito de “Sistemas de Produção Ciber-Físicos da Indústria 4.0 para o Calçado” e “Plataforma Colaborativa Estendida para a Indústria do Calçado”. Para desenvolver estes trabalhos, o INESC TEC teve o apoio de empresas ligadas à indústria do calçado, especificamente KYAIA, JEFAR, AMF, FLOWMAT, CEI, OFICINA DE SOLUÇÕES e CTCP.

Os resultados apresentados na reunião foram referentes ao primeiro ano de projeto. Na atividade “Sistemas de Produção Ciber-Físicos da Indústria 4.0 para o Calçado”, demonstrou-se em showroom as potencialidades de uma plataforma IIoT para a recolha e disponibilização de informação da máquina aos sistemas de informação, sistema RFID para a deteção e rastreabilidade do produto na linha de produção e um protótipo de um AGV para logística interna.

Na atividade “Plataforma Colaborativa Estendida para a Indústria do Calçado”, foi apresentado um modelo de referências para a gestão colaborativa estendida para a indústria do calçado, que servirá de base para o desenvolvimento das plataformas colaborativas.

 

Nota: Agradecimento a empresa Phoenix Contact por facultar o autómato OPC UA.

  

Os investigadores do INESC TEC mencionados na notícia têm vínculo ao INESC TEC.