Cookies
Usamos cookies para melhorar nosso site e a sua experiência. Ao continuar a navegar no site, você aceita a nossa política de cookies. Ver mais
Fechar
  • Menu
Artigo

Investigador INESC TEC vence Prémio Fundação Eng. António de Almeida

Abílio Pereira Pacheco, investigador do Centro para a Inovação, Tecnologia e Empreendedorismo (CITE) do INESC TEC, venceu o Prémio Fundação Eng. António de Almeida para a melhor tese de Doutoramento em Engenharia Mecânica ou Engenharia e Gestão Industrial, concluída no ano civil de 2017 na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP).

02 maio 2019

Na área de Sistemas de Engenharia e Políticas Públicas, com o objetivo de introduzir flexibilidade, em contexto de incerteza, no design dos sistemas de gestão dos incêndios florestais, a dissertação de doutoramento intitulada “Flexible design of forest fire management systems” foi galardoada na “Conferment Ceremony” no passado dia 14 de março na FEUP.

Além de identificar as ineficiências no sistema de combate (como acontece no caso de falsos alarmes, nos reacendimentos e nos grandes incêndios), a dissertação propõe modelos para a gestão integrada da prevenção com o combate e define recomendações sobre políticas públicas neste sector.

“Para reduzir a vulnerabilidade dos ecossistemas e das sociedades através de uma governança do risco melhorada e proactiva, é necessária a compreensão das relações entre os sistemas físicos, ecológicos e culturais que influenciam a severidade dos incêndios florestais. Já que não conseguimos controlar a meteorologia, uma das opções restantes é reduzir o impacto humano”, salienta o investigador do CITE.

Além deste prémio, a tese do investigador do INESC TEC já tinha obtido a distinção "Cum Laude" no final de 2018.

A Fundação Eng. António de Almeida foi estabelecida em 1969 para promover e apoiar ações de caráter educativo, cultural e benemérito, premiando todos os anos as melhores dissertações de doutoramento apresentadas em diferentes Programas Doutorais. Este ano, a dissertação premiada com o valor de 1500 euros estava inserida no Programa Doutoral em Engenharia e Gestão Industrial.

 

O investigador mencionado nesta notícia tem vínculo ao INESC TEC.