Cookies
O website necessita de alguns cookies e outros recursos semelhantes para funcionar. Caso o permita, o INESC TEC irá utilizar cookies para recolher dados sobre as suas visitas, contribuindo, assim, para estatísticas agregadas que permitem melhorar o nosso serviço. Ver mais
Aceitar Rejeitar
  • Menu
Artigo

PRR: INESC TEC em 26 propostas selecionadas com investimento superior a 55 milhões de euros

O INESC TEC integra 26 dos 64 consórcios pré-qualificados para apresentação de candidaturas a financiamento no âmbito das Agendas para a Inovação Empresarial do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Da Energia à Saúde, passando pelas Tecnologias de Produção, Água e Mar, Mobilidade ou Espaço, as propostas selecionadas dividem-se entre 22 Agendas Mobilizadoras e 4 Agendas Verdes, representando para o INESC TEC um investimento superior a 55 milhões de euros. 

07 janeiro 2022

Entre as ideias pré-qualificadas, com a participação do INESC TEC, contam-se projetos que visam o desenvolvimento de novos processos produtivos, produtos e serviços, estimulando a transição energética e a neutralidade carbónica, a inovação e a gestão sustentável, a economia circular ou a transformação digital em diversos setores da economia. As propostas têm ainda como objetivo contribuir para a internacionalização e aumento das exportações, assim como para a criação de novos postos de trabalho, o incremento da produtividade e um maior investimento em investigação e desenvolvimento.

São exemplos: o consórcio liderado pela empresa Prológica – Sistemas Informáticos S.A., que tenciona posicionar Portugal como um polo de referência na conceção e desenvolvimento de produtos e serviços de Saúde, que se destaquem pelo grau de inovação e incorporação de tecnologia; a proposta liderada pela empresa Colep Packaging Portugal, S.A., que visa promover o desenvolvimento e adoção, pela indústria nacional, de tecnologias e soluções de produção inovadoras e, consequentemente, acelerar o desenvolvimento da fileira nacional das Tecnologias de Produção; ou a candidatura liderada pela empresa AcuinovaActividades Piscícolas, S.A., que ambiciona, entre outros, o aumento da produção anual de pescado, até atingir a meta de 30 mil toneladas por ano, contemplando, por exemplo, o desenvolvimento tecnológico para produção de pescado em mar aberto.

A par das ideias referidas, as restantes propostas selecionadas para a segunda fase enquadram-se igualmente nos domínios científicos do INESC TEC, com intervenção em áreas como Energia, Indústria Transformadora e Extratora, Mobilidade, Infraestruturas, Informática, Digitalização, Agricultura e Floresta, Espaço e Construção Civil. Com o acesso à etapa seguinte, os consórcios, compostos essencialmente por empresas, entidades públicas, instituições de ensino superior e centros de investigação, serão convidados a apresentar os respetivos projetos finais com vista à celebração de contratos-programa.

Recorde-se que, na primeira fase, foram submetidas 144 manifestações de interesse para financiamento no âmbito do PRR. Destas, foram selecionadas 64 propostas que contabilizam um investimento de quase 10 mil milhões de euros. As Agendas para a Inovação Empresarial devem contribuir para que Portugal possa atingir um conjunto de objetivos estratégicos até 2030, nomeadamente, a alteração do perfil de especialização da economia portuguesa, o aumento das exportações de bens e serviços, o incremento do investimento em I&D para 3% do PIB e a redução das emissões de CO2 em 55%

Mais informação sobre as propostas selecionadas para a segunda fase pode ser consultada aqui.

As propostas foram apresentadas em sessão pública, cujas gravações podem ser vistas aqui.