Cookies
O website necessita de alguns cookies e outros recursos semelhantes para funcionar. Caso o permita, o INESC TEC irá utilizar cookies para recolher dados sobre as suas visitas, contribuindo, assim, para estatísticas agregadas que permitem melhorar o nosso serviço. Ver mais
Aceitar Rejeitar
  • Menu
Artigo

Projeto do INESC TEC em testes na Base Naval de Lisboa

Realizou-se, no dia 11 de maio, um exercício de teste no âmbito do projeto PRINCE - Preparedness Response for CBRNE INCidEnts, desenvolvido pelo INESC TEC.

27 maio 2022

A simulação decorreu na Escola de Tecnologia Navais (ETNA), na Base Naval de Lisboa, e consistiu na utilização de meios avançados de perceção sensorial para deteção e auxílio à resposta no caso de um acidente químico num porto.

De acordo com Hugo Silva, investigador do Centro de Robótica e Sistemas Autónomos (CRAS) e responsável pelo projeto, “o principal objetivo deste trabalho de desenvolvimento de tecnologias inovadoras por parte do INESC TEC é providenciar, através da utilização de veículos autónomos aéreos, informação sensorial adicional que auxilie as equipas de apoio e intervenção a dar resposta a incidentes QBRNE.”

O exercício contou com a participação de equipas da Marinha Portuguesa, de colaboradores do CRAS e da empresa Optimal Defence.

 

O investigador do INESC TEC mencionado na notícia tem vínculo ao INESC TEC.