Cookies
Usamos cookies para melhorar nosso site e a sua experiência. Ao continuar a navegar no site, você aceita a nossa política de cookies. Ver mais
Aceitar Rejeitar
  • Menu
Artigo

INESC TEC renova título de Laboratório Associado por 10 anos

O INESC TEC recebeu a classificação de excelente, com uma pontuação de 90 num máximo de 100, no último Concurso para Atribuição de Estatuto de Laboratório Associado, tendo visto o título de Laboratório Associado renovado por um período de 10 anos. 

26 fevereiro 2021

Entre as 40 instituições ou consórcios de instituições aprovados para atribuição de estatuto de Laboratório Associado em Portugal, o INESC TEC alcançou o quinto maior financiamento (5,5% do financiamento global), decorrente da classificação obtida.

Nos critérios de avaliação para a renovação deste estatuto, o INESC TEC obteve a classificação de 5 em 5 nos contributos para as políticas públicas; 4 em 5 no desenvolvimento de carreiras para doutorados e atração de talento; e 5 em 5 na diversificação do financiamento e projeção internacional.

Relativamente à contribuição para as políticas públicas, o INESC TEC recebeu nota máxima, tendo sido reconhecido como “um Laboratório Associado bem estruturado e gerido, com perfil financeiro e orçamento sólidos, que contribuiu significativamente para a modernização de universidades, institutos politécnicos e da indústria nacional”. O painel de avaliação destacou ainda a “vasta experiência com excecional impacto no apoio a políticas públicas de Investigação, Desenvolvimento, Inovação e Transferência de Tecnologia e sublinhou a proatividade do instituto em situações de calamidade recentes.

No critério que foca o desenvolvimento de carreiras para doutorados, mesmo havendo margem para melhoria, foi realçada a capacidade do INESC TEC para orientar e alavancar carreiras técnicas para doutorados. Também o modelo de governação adotado foi considerado “robusto para atrair investigadores e talentos e garantir carreiras e empregos por meio de financiamento competitivo”.

Quanto diversificação do financiamento e projeção internacional, o painel atribuiu também nota máxima ao INESC TEC, salientando o caráter internacional do Instituto, que ocupa “o segundo lugar entre todos os Laboratórios Associados com mais financiamento de projetos de investigação europeus”.

Para João Claro, Presidente da Comissão Executiva do INESC TEC, esta renovação “vem reforçar posição do INESC TEC na linha da frente dos contributos da ciência e do conhecimento para as políticas públicas em Portugal, bem como a sua ligação à sociedade, ao país e aos portugueses”.

O estatuto de Laboratório Associado foi previsto pela primeira vez em legislação de 1999, mediante a avaliação da capacidade da instituição proponente para cooperar, de forma estável, competente e eficaz, na prossecução de objetivos específicos da política científica e tecnológica nacional. O INESC TEC obteve o estatuto de Laboratório Associado em 2002.

Os resultados da avaliação podem ser consultados em: https://www.fct.pt/apoios/unidades/laboratoriosassociados.phtml.pt

O investigador INESC TEC mencionado na notícia tem vínculo à UP-FEUP.