Cookies
Usamos cookies para melhorar nosso site e a sua experiência. Ao continuar a navegar no site, você aceita a nossa política de cookies. Ver mais
Aceitar Rejeitar
  • Menu
Artigo

INESC TEC participa em projeto de alimentação de microssatélites para exploração espacial

O INESC TEC é parceiro de um projeto europeu que pretende desenvolver um sistema de alimentação de microssatélites usando lasers de fibra ótica para exploração espacial. A reunião de arranque do WiPTherm – Innovative Wireless Power devices using micro-thermoelectric generators arrays decorreu no dia 29 de novembro.

16 dezembro 2019

Trata-se de uma investigação, coordenada pela Universidade do Porto, com participação do Centro de Fotónica Aplicada (CAP) do INESCTEC, que visa desenvolver um sistema inovador de transferência de energia sem fios (WET), capaz de recarregar via laser os componentes de armazenamento de energia usados em CubeSats (micro e nanosatélites). Os CubeSats são utilizados no âmbito de informações meteorológicas, pesquisas climáticas, comunicações multimédia, entre outras.

A solução, eficiente, económica e sustentável, promete revolucionar os setores da energia, engenharia e exploração espacial. O sistema de captação de energia compreende dezenas de microarrays de geradores termoelétricos 2D, resultando num sistema plasmónico foto-termoelétrico (HPTP) que terá a capacidade de converter a energia de fotões em energia elétrica (via gradiente térmico). A estimulação térmica sem fios será realizada através de um laser em fibra ótica de alta potência capaz de operar a grandes distâncias.

O projeto junta ainda as seguintes entidades: CeNTI – Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos Funcionais e Inteligentes (Portugal), Universidade de Limoges (França) e Universidade de Vigo (Espanha).

Com conclusão prevista para outubro de 2022 e um financiamento total de 2.315.892,5€, a equipa do INESC TEC é liderada por Orlando Frazão e composta pelos investigadores do CAP João Ferreira, Susana Silva, Catarina Monteiro e Paulo Robalinho.

 

Os investigadores INESC TEC mencionados têm vínculo à UP-FCUP e INESC TEC.