Cookies
Usamos cookies para melhorar nosso site e a sua experiência. Ao continuar a navegar no site, você aceita a nossa política de cookies. Ver mais
Aceitar Rejeitar
  • Menu
Artigo

INESC TEC participa em consórcio europeu para impulsionar a transição energética nas ilhas

Centro de Sistemas de Energia junta-se à iniciativa como representante regional para as ilhas dos Açores, Madeira e Cabo Verde.

03 março 2021

O Centro de Sistemas de Energia (CPES) do INESC TEC foi escolhido pelo Clean Energy for EU Islands Secretariat (Clean Energy Secretariat) para representar a região atlântica na iniciativa europeia de promoção da transição energética em geografias insulares.

A elevada experiência e conhecimento do CPES sobre a integração de energias renováveis em redes insulares, o desenvolvimento de requisitos técnicos de operação a impor às instalações de produção (grid code), a garantia de segurança no abastecimento energético destas redes e as soluções de armazenamento de energia – fruto do desenvolvimento de inúmeros projetos nos Açores, na Madeira e em Cabo Verde – foi decisiva para a escolha do INESC TEC como parceiro do consórcio.

O Centro assume-se como o ponto de contacto entre o Clean Energy Secretariat e as ilhas portuguesas e deverá funcionar como um consultor para o grupo, providenciando suporte técnico, regulatório e legal a iniciativas e projetos que procurem promover a integração de energias renováveis nas redes elétricas destas ilhas.

Concretamente, o INESC TEC vai participar em reuniões periódicas com os stakeholders relevantes, workshops, webinars e reuniões do Conselho Consultivo, trabalhando em colaboração com várias entidades europeias da área da energia.

Academias de Energia, Think Tanks e um Marketplace para financiamento

Entre as iniciativas promovidas pelo Clean Energy Secretariat contam-se diversas Academias de Energia com ações de formação sobre transição energética para todos os agentes e comunidades locais. Estão também planeados Think Tanks e fóruns de discussão sobre as barreiras legais, regulatórias e tecnológicas à transição energética das ilhas europeias. Para todas estas iniciativas o CPES disponibilizará conhecimento técnico e científico de suporte.

O Clean Energy Secretariat patrocina ainda um Marketplace para projetos de transição energética que promove o contacto entre investidores, financiadores e líderes de projeto. O CPES participa neste mercado, por um lado, como facilitador da participação das organizações portuguesas e, por outro, como consultor para os projetos europeus que necessitem de tutoria.

O que é o Clean Energy for EU Islands Secretariat

A iniciativa Clean Energy for EU Islands reúne diversas organizações europeias numa comunidade técnica e científica que funciona como facilitadora de informação para projetos de transição energética em geografias insulares.

O Clean Energy Secretariat foi criado pela Comissão Europeia em 2018 para concretizar os objetivos da iniciativa Clean Energy for EU Islands. Cumpre a função de ser uma plataforma de promoção de boas práticas junto dos stakeholders de energia das regiões insulares e oferece à comunidade serviços especializados de formação e consultoria.

Assente no princípio de que a transição energética deve ser promovida a partir da base, o Clean Energy Secretariat procura construir um ambiente propício à mudança e à inovação, encorajando a colaboração entre cidadãos, autoridades locais, negócios locais e instituições académicas.

O consórcio conta com sete elementos principais (3E, Th!nk E, Steinbeis 2i, DNV GL, RdA, RESCoop.eu e Eclareon) e seis parceiros regionais que estabelecem a ligação entre o consórcio e as comunidades locais (Samsø Energy Academy, CRES, Universitat de les Illes Balears, Politecnico di Torino, Island Movement e INESC TEC).