Cookies
O website necessita de alguns cookies e outros recursos semelhantes para funcionar. Caso o permita, o INESC TEC irá utilizar cookies para recolher dados sobre as suas visitas, contribuindo, assim, para estatísticas agregadas que permitem melhorar o nosso serviço. Ver mais
Aceitar Rejeitar
  • Menu
Artigo

INESC TEC e Fundação Oswaldo Cruz firmam colaboração na área da vigilância epidemiológica

Combinar as competências científicas e tecnológicas do INESC TEC, em áreas como Ciência de Dados, Inteligência Artificial e Robótica, com o trabalho que a Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz) desenvolve no âmbito da vigilância epidemiológica em regiões geográficas como a Amazónia e a Antártida é o grande objetivo do Memorando de Entendimento assinado entre o Instituto português e a Fundação brasileira. O acordo prevê, entre outros, a participação conjunta em projetos de Investigação e Desenvolvimento e a promoção de oportunidades de intercâmbio.

12 janeiro 2023

A FioCruz é uma instituição de I&D na área das ciências biológicas, localizada no estado do Rio de Janeiro, Brasil, cujo trabalho de investigação se destaca no domínio da saúde pública e epidemiológica. “A FioCruz está entre as mais importantes instituições de ciência e tecnologia em saúde da América Latina, tendo vindo a realizar um importante trabalho de investigação na área da vigilância epidemiológica em regiões geográficas de maior sensibilidade e vulnerabilidade às alterações climáticas como é o caso da Amazónia e da Antártida”, explica Rui Oliveira, relembrando o projeto FioAntar, promovido por aquela instituição, que elege a Antártida como laboratório vivo de investigação epidemiológica.

De acordo com o Administrador do INESC TEC, a formalização da colaboração com o INESC TEC “corporiza o reconhecimento pela FioCruz da importância das competências científicas e tecnológicas do INESC TEC em Ciência de Dados, Inteligência Artificial e Robótica para o trabalho que a instituição brasileira tem vindo a realizar, contribuindo dessa forma para a resposta a desafios societais como é o caso das alterações climáticas e sua ressonância na biodiversidade ou na propagação de vírus para a população humana”.

O Memorando de Entendimento prevê um conjunto de atividades, nomeadamente, a participação conjunta em projetos de I&D, a promoção de oportunidades de intercâmbio, a partilha de informação e documentação técnica, a organização de cursos, seminários e conferências, ou a publicação conjunta de artigos.

O investigador INESC TEC mencionado na notícia tem vínculo à UMinho.