Cookies
Usamos cookies para melhorar nosso site e a sua experiência. Ao continuar a navegar no site, você aceita a nossa política de cookies. Ver mais
Aceitar Rejeitar
  • Menu
Artigo

«Best Practical Paper Award» para investigação INESC TEC no rastreio de retinopatia

“EyeWeS: Weakly Supervised Pre-Trained Convolutional Neural Networks for Diabetic Retinopathy Detection” é o título do artigo científico que mereceu o Best Practical paper award na MVA 2019 (International Conference on Machine Vision Applications) realizada em Tóquio, Japão.

14 fevereiro 2020

EyeWeS: Weakly Supervised Pre-Trained Convolutional Neural Networks for Diabetic Retinopathy Detection” é o título do artigo científico que mereceu o Best Practical paper award na MVA 2019 (International Conference on Machine Vision Applications) realizada em Tóquio, Japão.

O prémio «Best Practical Paper» é atribuído desde 2011 aos autores de artigos excelentes, que descrevam uma tecnologia que já está a ser usada, ou será brevemente colocada na prática. Em 2019, foi a vez da investigação – realizada pelos investigadores INESC TEC, Pedro Costa, Teresa Araújo, Guilherme Aresta, Adrian Galdran, Ana Maria Mendonça e Aurélio Campilho, e por Asim Smailagie (Universidade Carnegie Mellon) – merecer esta distinção.

O artigo premiado descreve um método para a deteção da retinopatia diabética a partir de imagens do fundo ocular, sendo capaz de localizar as regiões da imagem com lesões, apesar de ser treinado com imagens que apenas dispõem de informação global da presença ou não da patologia. Com este projeto, a equipa de investigadores demonstra que é possível converter uma rede neuronal convolucional pré-treinada num modelo fracamente supervisionado, aumentando o seu desempenho e eficiência.

No mundo desenvolvido, a retinopatia diabética (RD) é uma das principais causas de cegueira que pode ser evitada com a deteção precoce da patologia. Com o crescente número de pacientes diabéticos, o recurso a sistemas automatizados para a deteção de RD pode desempenhar um papel importante no rastreio da retinopatia diabética.

A investigação realizada pelos investigadores INESC TEC insere-se no projeto SCREEN-DR, financiado pela FCT – Fundação para a Ciência e Tecnologia, e é desenvolvida em parceria com a ARSN – Administração Regional de Saúde do Norte e a Universidade de Aveiro, e em colaboração com o Serviço de Oftalmologia do Hospital Universitário de S. João.

Os investigadores INESC TEC mencionados têm vínculo ao INESC TEC e UP-FEUP.